Women Encircled by the Flight of a Bird – Joan Miro

 

em meu silêncio, meu exílio canto
e nele morro e quase sempre habito

se no meu sonho, meu silêncio encanto

é porque nele minha morte evito
guardo a memória desses deuses surdos

transformo em cinzas a feição do mito

e na distância de caminhos tardos
durmo ao relento sobre a terra fria

e nas pupilas desses gatos pardos
vivo mil noites pra sonha um dia

_______________________________________
As Cores do Tempo
Majela Colares
Editora Calibán
 ________________________________________
Créditos da imagem: CGFA
 ________________________________________

Anúncios