kleiner Felsblock im Wasser (Bäume spiegeln sich leicht im Wasser) – Michael Hoelzl

 

Há dias destruídos: a alma devastada é silêncio
e ônus; mais: a ausência mesma de qualquer azul,
de qualquer centelha que lhe ponha a mover a água
elétrica dos olhos, suas luas de fogo.

Há dias em que morremos mais:
dorsos vergastados e boca insalubre,
alma aberta à completa ausência de luz.

Há dias sem amanhã, sem consolo, sem música.

_____________________________
Créditos da imagem: Michael Hoelzl
__________________________________

Anúncios